Franceses ricos querem pagar impostos mais altos!

***Em carta, franceses mais ricos apelam para pagar imposto

Solidariedade dos milionários vem em boa hora para Sarkozy, que precisa cortar gastos e fazer ajustes fiscais

Na petição, ricos dizem que querem preservar o modelo econômico francês e europeu, do qual se beneficiam

[Do Financial Times]

Algumas das pessoas mais ricas da França, entre as quais Liliane Bettencourt, maior acionista da L’Oréal, apelaram por impostos mais altos sobre os ricos, no momento em que o governo se prepara para anunciar pesados cortes de gastos para controlar as finanças públicas.

Proposta semelhante foi feita pelo bilionário investidos americano Warren Buffett, que criticou o fato de estar sujeito a alíquotas de impostos mais baixas do que as de muitas pessoas que trabalham para ele.

Christophe de Margerie, presidente da petroleira Total e membro da família Taittinger, e Maurice Lévy, presidente da empresa de publicidade Publicis, também fazem parte do grupo de 16 executivos e investidores endinheirados que assinaram uma petição publicada pela revista semanal “Nouvel Observateur”, apelando por uma “contribuição excepcional” dos cidadãos mais ricos da França.

“Estamos cientes de que nos beneficiamos muito do modelo francês e do ambiente europeu, ao qual temos grande apego e que desejamos ajudar a preservar”, afirmaram os signatários.

Reeleição

A petição chega em momento oportuno para o presidente Nicolas Sarkozy, que disputará a reeleição no ano que vem e que propõe novos cortes de Orçamento para acalmar os mercados.

O governos francês deve anuncair novos cortes de até 13 bilhões de euros (29,9 bilhões de reais) para 2011 e 2012.

Sarkozy estaria disposto a abandoranr uma das medidas que adotou para elevar o consumo depois de sua eleição – isenção de impostos para horas extras, o que deve elevar a arrecadação tributária em 4,5 bilhões de euros.

“Na França, uma medida tem que ser considerada justa para que seja aceita. [um imposto sobre os mais ricos] fará com que todo o pacote pareça mais justo. Não há benefícios financeiros concretos, mas impacto político e comercial”, disse Dominique Barbet, diretor de pesquisa do BNP Paribas.

A maior parte das famílias mais ricas da França decidiu se destacar pela ausência na lista de signatários da petição. O assessor de uma delas afirmou que o imposto sobre os ricos não fazia sentido.

“Não resolveremos os problemas das finanças francesas com um imposto sobre os muitos ricos”, disse.

“Temos que reduzir os gastos públicos”.***

Tradução de P A U L O  M I G L I A C C I

F O L H A DE S. P A U L O, 24 DE A G O S T O, 2011, C A D E R N O  M U N D O.

GRIFOS DO WIKRISIS.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s